Precisamos conversar sobre amor

Cresci ouvindo de corações ocos por aí que a insensibilidade e a frieza eram a chave para qualquer conquista. Que as pessoas não querem o fácil, o óbvio. E para que alguém gostasse de mim seria necessário me fazer de ordinário às vezes. De seco. Impenetrável. Inalcançável no amor. Assim, quem despertasse aqui dentro algum tipo de sentimentalidade, se sentiria único nesse mar de gente que tentara percorrer minha confusão.

Dessa forma, toda vez que eu me apaixonava, era a mesma história. O mesmo ritual frio. Então, acabei construíndo um muro intransponível em torno de mim mesmo e alimentando um medo de me mostrar. Medo de ser eu mesmo. De ser amável, gentil, sentimental. Fiz de mim casa de ninguém por anos, sendo penoso ser meu único companheiro, dividindo tanto espaço com tanta solidão.

Mas quem foi que inventou tudo isso? Quem foi o coração mal amado que espalhou por aí que meu amor não pode nascer antes mesmo do sol nascer? Meu corpo foi feito para amar. Amar e aprender que sentimento não precisa ter nome pra morar dentro gente. Amor, paixão, tesão, poesia: seja lá o que for, quero fazer de mim casa de coisa boa, de sorrisos bobos, de olhares desconcertantes, de rabiscos com seu nome no canto do papel.

Quero ser pleno pra deixar crescer qualquer tipo de amor aqui dentro. Ter o poder de ser infinito, mesmo que seja só por um dia. Ter luz e seguir sem medo. Quero saber que a gente pode dar certo, nem que seja no beijo, no corpo ou na lembrança. Quero desfazer esse engano que plantaram em mim só pra te dizer que seu coração combina com o meu.

Então agora deita aqui e deixa isso tudo viver dentro da gente. Faz do meu abraço o seu refúgio do mundo la fora. Vem ouvir meu coração dizendo que tem jeito, para mesmo que um dia eu vá embora você se lembre de tudo o que o céu dessa noite te contou.

Anúncios

2 Comments

Add yours →

  1. Jessica Furtado friol 11 de fevereiro de 2016 — 00:04

    Muito lindo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: